•  

    quarta-feira, 31 de outubro de 2012

    Obras de arte feitas de materiais reciclados.

     DISCO DE VINIL




     ROUPAS



     Guimba de cigarro



     Latinha de plástico







    @nati_nina

    terça-feira, 30 de outubro de 2012



    SEM MAIS POR HOJE

    A verdadeira história dos contos de fadas

    Como destruiu minha infância, vou destruir a dos outros também sem dó:

    Quando falamos em Contos de Fadas, o que vem em nossa mente? Tudo começa com "Era uma vez" e termina com "E foram felizes para sempre". 
    Essas historinhas fizeram parte da infância de muita gente, nos trazendo lições de coragem, amor e amizade. Havia sempre uma princesa, que sofria nas mãos de uma madrasta má, porém, ela era salva por um belo príncipe, que matava o vilão e vivia feliz para sempre com sua amada. Daí crescemos, acreditamos nessas baboseiras e nos fodemos de verde amarelo porque isso só acontece, SÓ ACONTECE em conto de fadas.
    MAS, e se eu disser que até os contos de fadas estavam mentindo? :( que a vida não é bela nem nas histórinhas? Cinderela não era tão inocente e a Chapeuzinho Vermelho, nem tão santinha. Isso mesmo, muitos dos mais populares contos infantis, como Branca de Neve e Chapeuzinho Vermelho, tiveram seus primeiros relatos ainda na Idade Média e eram banhados em sangue, sexo e violência, bem diferente daquelas lindas e românticas adaptações feitas pela Disney. Conheça os casos sinistros das versões originais - e nada infantis dos mais populares contos de fada!


     Chapeuzinho Vermelho

    Numa versão francesa da história, após interrogar Chapeuzinho na floresta e pegar um atalho para a casa da vovó, o lobo mata e esquarteja a velhinha sem dó. A coisa piora quando o vilão, já fingindo ser a vovó, oferece a carne e o sangue da vítima, como se fosse vinho, para matar a fome da netinha - que come e bebe com gosto!

    Após encher o bucho e praticar canibalismo sem saber, Chapeuzinho ainda tira a roupa e joga no fogo, a pedido do lobão! O clima, porém, não é nada infantil, com a garota perguntando o que fazer com a roupa a cada peça tirada. O lobo só tinha uma resposta: "Jogue no fogo, minha criança. Você não vai mais precisar disso...". 

    Ao se deitar ao lado do lobo, já totalmente nua, Chapeuzinho começa a reparar no físico do vilão, como se desconfiasse de algo. Admirada, a menina começa a exclamar: "como você é peluda, vovó", "que ombros largos você tem" e "que bocão você tem", entre outros elogios à anatomia do bichão...

    Agora vamos aos finais:

    FINAL FELIZ

    Ao fim da versão francesa, Chapeuzinho, sentindo-se ameaçada, pede para ir ao banheiro (que naquele tempo, ficava do lado de fora da casa). O lobo, nojentão, insiste para que ela faça xixi na cama mesmo - urg! -, mas acaba deixando a menina sair. Esperta, Chapeuzinho aproveita o vacilo do vilão e escapa.

    FINAL SANGRENTO

    O francês Charles Perrault foi o primeiro a pôr muitos contos de fadas no papel, no século 17. Ele tornou o final da história mais sangrento - com o lobo jantando a mocinha - e introduziu a famosa moral da história, dizendo que "crianças não devem falar com estranhos para não virar comida de lobo".

    FINAL AMENIZADO

    No século 19, os irmãos alemães Jacob e Wilhelm Grimm - famosos compiladores de contos que até então só eram transmitidos oralmente -, inventaram a figura do caçador. No fim da história, ele aparece e salva a pele de Chapeuzinho e da vovó, abrindo a barriga do lobo com um facão.



    Bela Adormecida

    Ao mexer num tear, uma farpa entra sob a unha de Tália, provocando sono imediato - maldição prevista desde sua infância. Desconsolado, o pai abandona a casa, largando a filha adormecida sozinha.

    Numa caçada, o príncipe, que já era casado, avista Tália e se encanta por ela e, antes de partir, transa com a moça apagada! Ela ainda engravida de gêmeos. Um dia eles nasceram e, ao tentar mamar, um deles chupa o dedo da mãe e retira a farpa, despertando-a.

    Ao voltar para mais uma de suas "visitas", o príncipe, que não era assim tão "encantado",  se depara com a bela não mais adormecida e com dois filhos. Ele passa, então, a esticar as caçadas para manter a vida dupla. A esposa desconfia e põe um espião na cola do marido.

    O príncipe esconde as crianças e abre o jogo com Bela - que a esposa do príncipe estava a fim de devorar. Ao ouvir o choro das crianças, a mulher do príncipe descobre o engodo e resolve devorar todo mundo. 

    Furiosa com o marido por assumir Bela como esposa, a ex do príncipe aproveita a sua ausência e ordena ao cozinheiro que faça para ela um rango com a carne dos filhos de Tália. Mas no último instante, o príncipe aparece e a bruxa de sua ex mulher se assusta e cai dentro do caldeirão fervente que estava pronto para cozinhar as crianças.

    Agora a vilã é a mãe do rei. A sogra de Bela, uma ogra (é este mesmo o feminino de ogro?) faminta por crianças! Não à toa, o rei não conta nada à megera sobre seus netinhos. Mas em outra versão a ogra come os netos e a nora, o príncipe, ao perceber que estava viúvo, mata a própria mãe e FIM! Belo final, não?



    Cinderela :((((((((((((

    Na versão de Giambattista Basile, chamada A Gata Borralheira, Cinderela une forças com outra empregada para matar a madrasta. Um dia, quando a megera pega roupas num baú, a moça lhe fecha a tampa na cabeça. 
    Os irmãos Grimm botam mais sangue no miolo da história. Quando o príncipe visita as casas para identificar o pé de sua amada, as irmãs malvadas de Cinderela se mutilam, cortando dedos e calcanhares para fazer seu pé caber no sapato e enganar o príncipe. Mas ela são desmascaradas pelos pássaros amigos da Cinderela, que mostram ao príncipe o sangue escorrendo pelo sapato, e depois, como vingança, arrancam os olhos das duas irmãs e da madrasta, que terminam suas vidas cegas e mancas. 
    Branca de Neve

    Na primeira versão dos Grimm, de 1810, é a própria mãe, e não a madrasta da Branca de Neve que pira no espelho querendo ser a mais bela do reino. Invejosa por perder o posto, planeja dar um sumiço na filhinha de apenas 7 anos. 

    A rainha manda um caçador matar Branca de Neve na floresta, trazendo o fígado e um pulmão como prova do serviço. Ele engana a rainha com carne de javali, que a mãe come achando ser da filha.

    Após ter o plano frustrado, a rainha é condenada, no meio da festa de casamento de Branca com o príncipe. Como pena, a ex-poderosa tem que dançar até a morte calçando sapatos de ferro em brasa!
     A Pequena Sereia

    No original, a Bruxa do Mar corta a língua de Ariel, que perde a voz. Além disso, a sereia tem a cauda rasgada em duas para conseguir ter pernas e conquistar o coração do seu amado príncipe humano. Apesar de ter conseguido as pernas, ela iria sentir como se estivesse andando sobre facas afiadíssimas, o que lhe causava terríveis dores a cada passo.

    Na insistência para que Ariel voltasse a ser sereia, suas irmãs invejosas chegam a arrancar os cabelos - literalmente! O objetivo era oferecer as madeixas para que a bruxa do mar rompesse o encanto. A bruxa, traindo Ariel, assim fez. 

    Ariel volta a ser sereia e o príncipe a abandona, trocando-a por outra. As suas irmãs aparecem com uma faca de prata que a Bruxa do Mar lhes deu em troca dos seus longos cabelos. Se a Pequena Sereia esfaquear o príncipe com a faca e deixar o sangue dele cair sob os seus pés, ela iria voltar a ser uma sereia e o seu sofrimento iria acabar, mas Ariel não teve coragem para esfaquea-lo e decidi se matar, atirando-se no mar e dissolvendo-se em espuma.
    João e Maria
    Com a família assombrada pela fome, a mãe instiga o marido a levar os filhos para a floresta. A ideia é largá-los por lá, ficando com menos bocas para alimentar em casa. O pai hesita, mas acaba cedendo. 

    Só que João e Maria ouvem a tramoia dos pais e espalham migalhas pela estrada, conseguindo voltar para casa. Mas eles se perdem, pois os pássaros comem as migalhas de pão que marcavam o caminho.

    Na mata, os pequenos acham uma casa toda feita de comida. A bruxa já lambia os beiços pensando em jantar as crianças. Ela manda Maria  ajudar João a entrar dentro do caldeirão fervente, mas Maria finge não conseguir e a bruxa vai mostrar como se faz, Maria aproveita e empurra a vilã para o caldeirão, mata a megera, e os dois ainda saqueiam a casa antes de sair!
     Os Três Porquinhos
    Na história verdadeira os dois primeiros rabicós não conseguem fugir depois de ter a casa destruída e são engolidos pelo lobo. Só que o lobo não consegue enganar o terceiro porquinho e nem derrubar a casa dele. Irado, acaba se enfiando na chaminé, o porquinho percebe e põe um caldeirão fervente na lareira, onde o lobo acaba caindo e vira a janta do porco.
     Tirando a dos 3 porquinhos (que eu já sabia), as outras cortaram meu coração :( só a Disney pra transformar essa carnificina em magia né? rs.



    @nati_nina


    segunda-feira, 29 de outubro de 2012

    Melhores fotos da semana.

    A melhor em destaque =)














    @nati_nina



    Melhores vídeos da semana.

    Demorei mais to aqui, vamos para os vídeos mais engraçadinhos ou legais que achei pelo youtube essa semana :)

     

    MUITO BOM hahahaha



    Acho que foi o dueto mais difícil que eu vi, SÉRIO ...Os dois cantam muito, e eu compraria o cd deles fácil, muito gostoso de se ouvir, foi triste ver um indo embora, até porque nesse the voice ninguém "pega o que sobrou" (só agora), é só ver pelos comentários que a galera teve a mesma opinião.



    Essa é só pra quem é ateu, TÁ? 



    AH CARA, EU CHORO.



    até próximo domingo :)



    @nati_nina

    domingo, 28 de outubro de 2012

     Coloquei em alguns posts atrás a fotos do meu armário do quarto que ficou pronto na serra, mas ainda não estava pronto e só tinha ele, agora está 70% já, falta o computador, eu acho. Agora tem caminha de casal, bichinho de pelúcia, cortina, e comprei uma lua e estrelas de adesivo pra colocar em cima da cama, FICOU LINDO, e créditos pra minha irmã mais velha que colou, eu só recorte hahahaha. Ainda vou comprar mais algumas estrelas *-*
















    Cada perda que eu tive, foi uma lição.


    (American Horror Story)

    sábado, 27 de outubro de 2012

    Maior frango "da história".

    Meu, eu tive que ver umas 4x pra acreditar, sério!
     




    @nati_nina

    quinta-feira, 25 de outubro de 2012

    São Paulo x LDU


    É ... ontem o tricolor não brilhou, nada nada ... foi a primeira vez que fui no estádio e saí lá com um empate. Um empate já é ruim, agora um empate de 0x0 é chato, é lamentável .. fica aquele gostinho de quero mais e o grito de gol preso na garganta. Mas, não posso dizer que não valeu a pena!
    Esperei o s2 chegar, saímos de casa 20:05, chegamos lá no estádio 20:50/20:55, ficamos dando um tempo no carro, paguei até que barato no estacionamento e depois entramos ... Só que pela primeira vez fiquei na independente, e preciso dizer ... É OUTRA COISA!
    Ficar na torcida organizada é se doar por inteiro meu, é gritar durante os 45 do primeiro tempo sem parar, e os 45 do segundo tempo sem nem pensar em parar .. é empurrar o time, ficar embaixo do bandeirão, a arquibancada LITERALMENTE treme ... Tudo bem que na arquibancada tinha policiais e etc hahahaha, sem contar que fiquei meio tonta com o cheiro da maconha que tanto rolou lá, mas, isso é o de menos. Eu estava "em casa" vendo o meu tricolor, com a pessoa que eu queria :) 
    É impressionante como o tempo passa muito mais rápido quando você está lá vendo o jogo ao vivo do que quando você assiste televisionado ... O primeiro tempo, creio eu, foi melhor do que o segundo .. pelo menos teve alguns lances polêmicos, por exemplo: Quando anularam o gol ... a maioria gritou gol e depois ficamos chateados :( , ou quando o juíz marcou  o pênalti, o Rogério já tinha saído do gol e já estava no meio de campo pra bater, alguém do LDU se machucou e ele voltou atrás no pênalti ????????????????????????
    GENTE SOCORRO, nunca vi juíz voltar atrás de falta, expulsão ou pênalti, e infelizmente, essa foi a primeira vez ... a decepcão foi tamanha!
    O São Paulo dominou o jogo no primeiro tempo, mas não foi criativo em nenhuma jogada, aliás, o time do LDU é uma porcaria, eu fico triste em saber que o São paulo não conseguiu faze rum mísero gol em um timinho com esse. 
    Os chutes de Cortez e Ademilson foram as raras jogadas em que o time esteve perto de abrir o placar (SPFC).
    Julio Quintana, eu espero que você toma no meio do olho do teu cu.

    Cartões Amarelos 

    Osvaldo (27min/1ºT); Larrea (38min/1ºT); Wellington (38min/1ºT); Vera (42min/1ºT); Cumbicus (11min/2ºT)


    Pagantes

    Público Total

    15.208

    Renda

    R$ 326.533,00


    Mas o nosso objetivo foi alcançado. PASSAMOS e estamos nas quartas de final na sul-americana, e ainda com o sonho de ganhar um título este ano, e com o Lucas ainda na equipe.

     É isso aí, e as músicas ainda não saem da minha cabeça :(

    SÃO PAULO QUANDO JOGA EU SEMPRE VOU, TRICOLOR TU ÉS SEMPRE VENCEDOR. NÃO PARO DE CANTAR, ATÉ A VOZ ACABAR, SÃO PAULO VOCÊ É O MEU AM-O-O-O-O-O-R .. OLE OLE OLE OLE OLE ... (8)




    SEM MAIS :)


    @nati_nina


    terça-feira, 23 de outubro de 2012


    Cada minuto que passa é uma nova chance de mudar tudo para sempre.


    (Vanilla sky)

    segunda-feira, 22 de outubro de 2012

    Melhores fotos da semana.

    As melhores em destaque :)


     











    @nati_nina


    @nati_nina

    @nati_nina